Se você leu nossa lista de alimentos termogênicos, sabe que o chá verde é um dos mais poderosos ingredientes na missão de acelerar o funcionamento do metabolismo. Além disso, ele traz diversos benefícios à saúde e é protagonista de muitos estudos científicos.

Originário da planta Camellia sinensis, o chá verde é famoso principalmente por conta das catequinas, componentes presentes em sua composição. Elas são capazes de ajudar a redução da gordura corporal e garantir uma ação antioxidante e diurética. Tudo isso faz com que esse ingrediente ajude no tratamento de doenças como a diabetes.

A cafeína também é outro elemento responsável pela boa reputação do chá verde. Com ela, a bebida promove um efeito estimulante e garante o efeito termogênico. Junto com as catequinas, formam uma dupla imbatível quando o assunto é perder peso.

As duas atuam aumentando a temperatura corporal – ajudando, assim, a permitir um maior gasto energético (queimando calorias e gorduras). Mas, para chegar lá, é preciso que o consumo do chá verde seja contínuo. A indicação dos especialistas é de três a seis xícaras da infusão, ou uma a duas doses da versão solúvel da bebida.

Se você optar pela segunda opção, fique atento à comprovação da presença da Camellia sinensis no produto. E, sendo infusão ou solúvel, evite o excesso e o consumo à noite, já que a bebida pode atrapalhar a qualidade do sono. Hipertensos e portadores do hipotireoidismo também devem evitar o chá verde.

Você também pode incluir esse ingrediente de maneiras diferentes na dieta, como na forma de sorvete, por exemplo. O importante é usufruir de tantos benefícios em uma vida equilibrada e deliciosa!