“O café da manhã é a refeição mais importante do dia.” É bem provável que em algum instante da vida você tenha ouvido – ou até mesmo dito – essa informação. Mas sabe por que esse momento é tão essencial para a saúde e equilíbrio do organismo?

Como o próprio nome diz, o desjejum acontece após um longo jejum (período do sono). Assim, o corpo necessita de alimentos saudáveis e de qualidade para garantir força e resistência. É o combustível para ter energia ao longo do dia.

O que não pode faltar? As fibras aparecem entre os nutrientes mais importantes nessa refeição. Elas são encontradas em cereais, frutas frescas e sucos naturais. O café da manhã também é um momento oportuno para o consumo de alimentos fontes de cálcio e vitamina D.

Mas e quando temos pouco tempo para preparar o café da manhã? A correria não pode ser desculpa para um desjejum sem qualidade. Entre as opções de consumo rápido, estão o suco verde e as bebidas antioxidantes, como as com base de frutas vermelhas. As vitaminas de frutas também são excelentes ideias, assim como iogurtes com linhaça, chia ou granola. Se conseguir, outra ideia é deixar um sanduíche pronto na geladeira no dia anterior.

Tomo café da manhã e vou direto para a academia. O que devo comer? O ideal aqui é um desjejum de fácil digestão e que ofereça energia suficiente para um bom desempenho nos exercícios. Prefira carboidratos de alto índice glicêmico (pão branco, bolo simples, banana, suco de laranja, melancia, mel, granola, frutas secas). É recomendado dispensar alimentos proteicos (leite, queijo, iogurtes) e gorduras, para evitar chegar de estômago cheio e evitar desconfortos intestinais.

E para você, o que não pode faltar no café da manhã?