O famoso "dia do lixo" ou day off é aquele em que a pessoa está livre da dieta para comer o que quiser. Alguns o defendem e acreditam que tem sua importância para aumentar a aderência à dieta por mais tempo. Outros consideram um estímulo para reascender a vontade de comer besteiras no dia a dia.

Na verdade, não existe muita regra e nem estudos conclusivos sobre o assunto. As opiniões são divididas e nesse momento vale levar em conta a sua individualidade bioquímica e perceber se é bom para você ou não. Por isso, vamos destacar os prós e os contras e colocar na balança:

Benefícios

- Matar a vontade guardada, presenteando a si mesmo com algum prato que considera realmente prazeroso. Isso ajuda a seguir firme no plano alimentar dos outros dias.

- Participar de eventos sociais sem levar marmita. Afinal de contas, o ato de se alimentar é bem ligado às emoções e momentos especiais.

- Pregar uma peça no organismo. Esse truque faz com que o corpo não se acostume à dieta, para que assim ela continue promovendo resultados.

Todas as situações acima podem ser benéficas se a pessoa tiver disciplina e bom senso. Uma coisa é dar uma escapada de vez em quando e ficar satisfeita, outra é enfiar o "pé na jaca" e passar um dia inteiro comendo bobagem – o que com certeza não ajudará em nada e colocará seus resultados a perder.

Prejuízos

- Causar diarreia, gases, náuseas, dor de cabeça, má digestão.  Isso tudo é comum após a ingestão de alimentos gordurosos, ricos em farinhas brancas, aditivos químicos ou açúcar. Acostumado a uma alimentação saudável, o corpo estranha quando comemos algo diferente e pode sentir efeitos colaterais.

- Diminuir o desempenho nos treinos nos dias seguintes. Além do "dia do lixo", dependendo de como ele for, pode comprometer também os próximos dias de treino, devido aos efeitos colaterais citados acima.

- Se transformar em um vício. Alguns alimentos, como doces, chocolates ou refrigerantes são muito prazerosos porque liberam hormônios ligados a esses sentimentos – algo fácil de se apegar. Nesses casos, quanto menos contato a pessoa tiver com o alimento, melhor.

Se você costuma perder o controle, o dia do lixo pode ser arriscado. O mais indicado é uma refeição liberada nos fins de semana para matar a vontade de comer um prato específico e manter o foco.  Sua saúde e seus resultados agradecem!