Se você ouve cada vez mais a expressão intolerância à lactose no seu dia e ainda não sabe muito bem o que ela significa, não se sinta sozinho. Afinal, ainda é recente a discussão desse assunto de forma mais ampla pela população. Pensando nisso, resolvemos responder as principais dúvidas sobre o tema por aqui.

Antes de tudo, explicamos que a intolerância à lactose é a falta ou ausência de uma enzima chamada lactase. Ela é a responsável por metabolizar o açúcar presente no leite – que é utilizado como fonte de energia por bactérias que podem causar diarreias, dores abdominais, gases, náuseas e outros sintomas.

Ou seja: Não metabolizar esse açúcar do leite (também conhecido como lactose) traz diversos problemas à saúde. Essa intolerância pode ser diagnosticada já no primeiro ano de vida – mas são comuns os casos de quem a descobre apenas na fase adulta.

Entre os exames que diagnosticam o problema, estão a endoscopia (que verifica a dosagem de lactase no intestino) e o teste de glicemia (dosada antes e depois do consumo da lactose).

Mas quais bebidas podem substituir o leite? As bebidas vegetais a base de arroz, aveia e amêndoas costumam ser as mais comuns. Muitas delas podem se tornar base para deliciosas receitas, como bolos, pães e doces. Mas isso já é assunto para um próximo texto...