O envelhecimento é um processo biológico progressivo, caracterizado pelas modificações funcionais e bioquímicas que afeta a integridade da pele. Uma das razões desse processo se baseia nos efeitos dos danos oxidativos às macromoléculas pelos radicais livres, gerados com o decorrer do tempo e da exposição ambiental, que progressivamente, se acumulam no interior da pele.

A partir dos 30 anos, o corpo tende a produzir menos colágeno, e essa diminuição impede que os fibroblastos recebam informações mecânicas, ocorrendo o desequilíbrio entre a produção de colágeno e a ação de enzimas que o degradam, assim, resultando em uma pele com aspecto envelhecido. Nesse sentido, é fundamental seguir estratégias que possam promover a longevidade celular.

Conquiste a longevidade

Dentre os fatores que auxiliam no aumento da longevidade da pele estão a adequada hidratação – cuidado fundamental para manutenção da textura, proteção e firmeza da pele, além de prevenir o ressecamento, descamação e irritação dérmica. A fotoproteção, por meio de protetores solares que atuam na prevenção dos males causados pela exposição à radiação ultravioleta, que tem efeito cumulativo e penetra profundamente na pele provocando diversas alterações, como o aparecimento de pintas, manchas e rugas. E a alimentação saudável que por meio de alimentos, principalmente in natura fornece excelente teor de vitaminas e minerais, como vitaminas C, E, A, zinco, selênio e biotina que contribuem para a reparação, manutenção, proteção e defesa da pele.  Nutracéuticos como peptídeos de colágeno específicos para pele também merece destaque quando o assunto é aumento da longevidade e nutrição da pele, pois auxilia no aumento da elasticidade, suavização das rugas e linhas de expressão e combate o envelhecimento precoce.